Devaneios | News

O inferno dentro de cada um

19 de maio de 2017

Estive pensando sobre o inferno de cada um. Sobre como é difícil enxergar e entender o sofrimento individual de cada pessoa com quem cruzamos, pelo menos uma vez, na vida. Seria cômodo imaginar que aquela pessoa bonita, simpática e cheia de amigos não tem seu próprio purgatório interior. Seria muito vago pensar que ela, no alto de sua vida feliz, não tem aquele momento no qual se sente o pior dos seres. Seria, não?

A vida às vezes pode parecer ser perfeita, mas dentro de cada um de nós existe um ambiente que nos fere. A grande diferença é que algumas pessoas possuem isso em um local mais visível! A luta por cada sorriso diário é sofrida, calada e, às vezes, bem dolorida. Porém, caros leitores, não são todas as pessoas que enxergam que dentro de nós existe alguém lutando contra um dragão feroz e faminto.

Quando se está nessa luta, cada palavra machuca, quando dita de maneira errada. Mas, é tão difícil explicar que não é simplesmente frescura, não é só carência! Quando se está brigando com esse leão, existe o sentimento de culpa por cada palavra não dita, engolida por medo. Contudo, a culpa também vem quando a palavra é dita mas, de alguma maneira, a pessoa com quem se fala é magoada. Isso corrói a alma. Isso dói no coração mais do que quando alguém te fere.

Fluoxetina? Talvez ela seja sua aliada nos momentos de dor, mas ser escrava dela te deixa mais triste ainda! Ser dependente de uma coisinha tão pequena chega a ser vergonhoso. Então, como você lida como seu inferno interior?

 

A autora deste texto é jornalista. Extremamente sensível. Viciada em café. Amante de poesia e, às vezes, da seus palpites fashionistas. Atualmente este blog também está hospedado no Portal Bonde. Sentem-se e fiquem à vontade.
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *